Image Image Image Image Image

notícias

09

Apr

Estudo compara gêmeos e comprova que fumar envelhece

Além dos inúmeros efeitos nocivos ao organismo, o cigarro também é responsável pelo envelhecimento precoce. Nada mais claro do que comparar essas fotos de irmãos gêmeos que foram expostos de forma diferente ao cigarro.

Veja no link abaixo.

 

http://noticias.uol.com.br/saude/album/2013/10/31/estudo-compara-gemeos-e-comprova-que-fumar-envelhece.htm

20

Mar

NOTA À POPULAÇÃO EM RELAÇÃO AO ESTUDO FRANCÊS SOBRE LINFOMAS ANAPLÁSICOS DE GRANDES CÉLULAS ASSOCIADOS ÀS PRÓTESES MAMÁRIAS

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e a Sociedade Brasileira de Mastologia vem por meio desse comunicado esclarecer que, em relação ao estudo divulgado pelo Instituto Nacional de Câncer da França, e com base nos dados de conhecimento global desse e dos demais estudos analizados até o presente momento, não há necessidade de alarme em relação a riscos oncológicos ou em relação a outras doenças que possam ser provocadas pelas próteses mamárias.

O linfoma anaplásico de grandes células associado às próteses mamárias é um subtipo bastante raro de linfoma de células T, que se estima possa surgir um caso em cada 500 mil mulheres com próteses. Apesar da sua raridade, houve um sinal de alerta na França em relação a um possível aumento no número de casos diagnosticados. Passaram de dois casos em 2012, para 11 em 2014.

Apesar do pequeno número de casos reportados em pacientes portadoras de implantes mamários, não é possível no presente momento e com base nos dados analizados, estabelecer um nexo causal claro entre os implantes mamários e o aparecimento dessa condição.

O silicone presente nas próteses mamárias é um elastômero e a sua viscosidade depende da sua massa molecular. Desde que foram lançadas estas próteses em 1962, foram criadas diversas gerações com diferentes viscosidades e texturizações no seu revestimento. As próteses atuais são de gel mais coesivo, com diversas camadas, o que permite que mantenham sua forma tanto na cirurgia estética quanto na reconstrução mamária.

É preciso ressaltar que as próteses mamárias são, entre todas as próteses implantadas no corpo humano com diferentes finalidades médicas, aquelas que foram mais extensivamente estudadas na literatura científica. Elas vem sendo implantadas em todo o mundo há muitas décadas e a sua segurança continuamente avaliada. São conhecidos muitos benefícios da sua utilização para a saúde e o bem estar global das pacientes, assim como os impactos positivos do seu emprego para a população. Além disso, o silicone está na composição de diversos outros produtos da área médica, inclusive catéteres de quimioterapia, sem que nenhum problema de saúde tenha sido até hoje relatado em relação ao surgimento de doenças ou piora delas.

Nos poucos casos até hoje relatados na literatura, a maioria das pacientes aparecem com seromas (líquido ao redor da prótese) de aparecimento tardio, na forma de aumento de volume local. A grande maioria destas pacientes foram curadas apenas com a remoção da prótese e da cápsula ao seu redor. Apenas em um número pequeno de casos foi necessário realizar o tratamento sistêmico com quimioterapia ou complementação com radioterapia. A chance de cura com os tratamentos neste tipo de linfoma passa de 90%.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e a Sociedade Brasileira de Mastologia reiteram o seu compromisso de vigilancia e monitoramento constante de quaisquer informações que venham a afetar direta ou indiretamente a saude e a segurança das pacientes sob os cuidados dos membros de ambas as especialidades.

É fundamental que quaisquer novos dados sejam analizados à luz de seus impactos para a saude da população, levando em consideração os riscos potenciais envolvidos versus os benefícios conhecidos das terapeuticas empregadas.

Portanto, não há nenhum dado até o presente momento que justifique qualquer mudança de postura ou intranquilidade por parte das pacientes portadoras de implantes mamários, sejam elas oriundas de cirurgias estéticas ou reconstrutoras. Devem essas pacientes apenas seguir com a realização de exame clínico mamário e exames de imagem regulares, o que é fundamental e recomendável em mulheres adultas independentemente de serem ou não portadoras de implantes mamários.
João de Moraes Prado Neto
Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Ruffo de Freitas Júnior
Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia

10

Feb

‪#‎MitoOuVerdade‬:

Existe ‪#‎CirurgiaPlástica‬ sem cicatriz?
Não, isto é um mito! O que existe é a cirurgia bem planejada, com cicatriz(es) final(is) bem posicionada(s), camuflada(s) quando possível em relevos naturais da pele, atingindo resultados em que as cicatrizes ficam pouco perceptíveis.

09

Feb

Você sabe o que é lipoenxertia de face?

O procedimento é rápido e pode até ser feito com anestesia local e sedação. E o melhor, o preenchimento conseguido com a gordura dura a vida toda!

A gordura proveniente da lipoaspiração pode ser injetada nos glúteos para aumento e melhora do contorno, além de preencher cicatrizes deprimidas ou mesmo celulites mais profundas. O que a maioria das pessoas não sabe é que ela também pode ser injetada na face para aumentar os lábios, melhorar rugas como o bigode chinês e aumentar a região malar ( bochechas). Ao contrário dos preenchedores como o ácido hialurônico, que dura no máximo 2 anos, a gordura não tem risco de causar reações adversas porque é proveniente do próprio paciente. Além disso, vai se manter no local que foi injetada por muito tempo. Essa gordura injetada também melhora a textura da pele onde foi injetada, o que é um adicional importante!
O procedimento deve ser realizado em hospital, mas é rápido e a anestesia pode ser apenas a local com sedação. O paciente vai para casa no mesmo dia e fica um pouco inchado nos primeiros dias após o procedimento, mas a recuperação é rápida e tranqüila.

15

Jan

Botox: o tratamento deve ser profilático e se iniciar antes que a pele esteja muito marcada pelas rugas.

Já foi-se o tempo em que o Botox era aplicado apenas em pacientes com seus 50 anos. Hoje sabemos que o ideal é evitar que a pele fique marcada pela ação muscular, iniciando o tratamento por volta dos 30 anos, ou quando a pele começar a ficar marcada. Isso porque o tratamento da pele bem marcada faz com que as rugas apenas diminuam mas não desapareçam. Já a aplicação na pele mais jovem e menos marcada faz com que as rugas desapareçam, retardando o envelhecimento da melhor forma.

O tratamento a partir dos 30 anos não tem efeitos colaterais quando realizado de forma correta por médico especialista, e no mínimo a cada 6 meses.
Consulte seu médico e descubra os benefícios!

21

Aug

Canudinhos, fone de ouvido: surpreenda-se com algumas coisas que contribuem para acelerar seu envelhecimento.

Como diz a letra da música, o tempo não para. E com o passar dos anos o processo natural de envelhecimento vai se fazendo cada vez mais visível.
Apesar de inevitável e de ter influência do fator genético de cada pessoa, este processo pode ser acelerado ou diminuído de acordo com certas atitudes. Fumar ou se alimentar mal são comportamentos bem conhecidos por acelerar o desgaste natural do corpo, mas existe outros que também contribuem e irão te surpreender.

Veja 9 coisas que você pode estar fazendo que aceleram o envelhecimento:

1 – Variação de peso: ou a famosa dieta ioiô aumenta a elasticidade da pele e contribui para que a flacidez chegue mais rápido. Procure manter o peso estável e se resolver fazer uma dieta procure perder peso de forma progressiva.

2 – Dormir com o rosto para baixo: seu travesseiro pode deixar linhas em seu rosto e ressecar a pele. A pressão sobre a face pode causar rugas, principalmente na região nasolabial, que vai do nariz até a boca. Linhas também podem se formar na região dos olhos, já que lá a pele é particularmente fina. Se acordar durante a noite dormindo com o rosto virado e apoiado no travesseiro volte a dormir com a barriga para cima.

3 – Cerrar os olhos: sabe aquele olhar com as pálpebras semicerradas, característico de quem precisa usar óculos, mas insiste em deixar as lentes guardadas? Isso contribui para o envelhecimento! Se você precisa, use os óculos e também óculos escuros em dias de sol. Isso ajudará a manter a saúde dos olhos e também a evitar os terríveis pés de galinha.

4 – Não tirar a maquiagem para dormir: isso pode entupir poros e glândulas sebáceas. Quando a maquiagem se fixa dentro dos poros, faz com que eles pareçam maiores e podem mesmo alargá-los. Como o nível de colágeno da pele diminui com o passar dos anos, os poros não voltaram facilmente a ser o que eram antes. Não retirar os produtos também pode causar inflamações, que aumentam a perda de colágeno e a firmeza da pele. Resumindo a história: lave o rosto e retire a maquiagem antes de ir para cama!

5 – Muito tempo na piscina: essa é para ficar de olho especialmente no verão ou para aqueles que podem curtir uma piscina aquecida. O cloro pode ressecar e causar danos na pele. Para reduzir este problema use um sabonete suave e lave o corpo usando apenas as mãos – deixe de lado qualquer coisa ou produto abrasivo ou esfoliante. Use hidratante após a ducha, depois de nadar. Se sua pele já for seca, considere usar produtos emolientes antes de cair na água.

6 – Usar fones de ouvido: a música é uma boa opção para se acalmar e relaxar, mas o uso abusivo de fones está prejudicando a audição de muita gente. Uma conversa normal entre pessoas gera de 40 a 60 decibéis. Um show de rock gira em torno de 110 e 140 decibéis. O som produzido pelo fone de ouvido é de cerca de 110 decibéis. O impacto na audição é grande: o National Institute of Health, dos EUA, afirma que escutar música diariamente por 15 minutos no volume 5 causa problemas a longo prazo para a audição. Por isso, controle o volume e limite o uso de fones de ouvido!

7 – Comer muito açúcar: em excesso ele pode ser muito prejudicial para a pele. Além de ser um agente causador de inflamações, a quantidade acima do recomendado pode iniciar um processo chamado de glicação, que contribui para o envelhecimento da pele. Não é fácil deixar de ingerir açúcar, mas é preciso ter controle!

8 – Beber de canudinho: pois é, a contração que é feita na boca para tomar algo usando um canudinho provoca rugas na boca. Aliás, não só isso: qualquer movimento repetido na região pode deixar marcas, como fumar ou contrair os lábios.

9 – Bronzeamento artificial em cabines de luz: se os raios solares naturais aceleram o envelhecimento por que os artificiais não teriam o mesmo efeito? Se ainda sim desejar o tom bronzeado na pele, opte por outras opções.

Se após ler esta lista você estiver começando a pensar que tudo pode acelerar o envelhecimento, não há motivo para pânico. Este é um processo natural. Observe suas atitudes, faça opções saudáveis e se cuide: tome água, tenha uma alimentação balanceada e nutritiva, durma bem e adote comportamentos que o levarão a ter uma vida mais saudável.

16

Jan

10 protetores solares em spray reprovados no Brasil!

Fator de proteção solar presente em filtros é menor que o índice do rótulo. Análise foi feita pela organização Proteste; associação contesta resultado.

Análise feita com dez marcas de protetor solar em spray vendidas no Brasil pela Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) apontou que todas são vendidas com fator de proteção solar (FPS) menor que o informado no rótulo.
Dos produtos testados, o que mais se aproximou do índice de FPS 30, conforme prometido pela marca, foi o protetor Sport, da marca Cenoura & Bronze, que possuía valor 22,8. Na contramão, o produto Ultra Defense Protetor Contínuo, da empresa Banana Boat, apresentou o menor índice de proteção: 13,1.
Foram testados ainda protetores em spray das marcas Coppertone, Sundown, Solar Australian Gold, L’Oréal, O Boticário, Natura, Nivea Sun e Red Apple.
Segundo Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste, o resultado é preocupante. “O consumidor acha que está se protegendo. A Proteste considera que os produtos não são minimamente aceitáveis. Se não atinge o objetivo de proteção, então tem que mudar o rótulo”, explica.

O valor do FPS indica o tempo de exposição à radiação ultravioleta necessário para produzir vermelhidão na pele protegida pelo filtro solar. Por exemplo, se a pessoa usar o FPS 30, ela vai demorar 30 vezes mais para queimar a pele. Além desse índice, a Proteste verificou ainda o índice de proteção UVA, a resistência do produto à água e à radiação.
Os testes foram realizados com 30 mulheres, que experimentaram os produtos e deram sua opinião sobre a facilidade de absorção, textura, aroma, e se deixavam a pele pegajosa.

Confira, abaixo, o fator de proteção solar encontrado pelos testes da Proteste nos produtos. Todos indicavam em suas embalagens terem FPS 30.

– Cenoura e Bronze – FPS encontrado: 22,8

– Red Apple – FPS encontrado: 21,2

– Sundown – FPS encontrado: 18,2

– Natura – FPS encontrado: 17,5

– O Boticário – FPS encontrado: 17,1

– Australian Gold – FPS encontrado: 15,9

– Nívea Sun – FPS encontrado: 15,3

– L´Oréal – FPS encontrado: 15,2

– Coppertone – FPS encontrado: 14

– Banana Boat – FPS encontrado: 13,1

Problemas:
O filtro solar que obteve a pior avaliação geral foi o Plus Gel, da Solar Australian Gold. Segundo a Proteste, além de ele não proteger dos raios ultravioleta de maneira eficaz, foram encontradas embalagens com data de validade vencida e com rótulos explicativos que continham traduções erradas do inglês para o português.
Segundo Maria Inês Dolci, em um dos lotes analisados, o texto do rótulo em inglês indicava que o produto vencia em março de 2014. Mas, no mesmo produto, a tradução em português estendia a validade para abril de 2016. “Na verdade, o que aconteceu é que eles cometeram uma fraude, porque adulteraram o prazo de validade. Se você usa um produto com data de validade vencida, ele não vai funcionar”, disse.
A organização divulgou que tomará providências junto ao Ministério Público do Espírito Santo e de São Paulo, Procons dos dois Estados e a Agência Nacional de Vigilância Sanitártia (Anvisa) após constatar o que considera ser crime nas relações de consumo.
A empresa Frajo Internacional de Cosméticos, distribuidora da marca Australian Gold no Brasil, disse que “preza pela segurança de seus consumidores e qualidade dos produtos que distribui” e afirmou também que “atende todas as normas legais aplicáveis, não sendo responsável pelo fato”. A empresa informou que apura a situação.

Cassação dos produtos

A Proteste divulgou ainda que os resultados do teste foram enviados à Anvisa. A organização pediu ao órgão federal a cassação do registro dos produtos fator 30 que foram analisados, “para que sejam reclassificados corretamente, obrigando a indústria a adequar a informação de seus rótulos ao efetivo FPS”. Além disso, a associação pede que os produtos sejam retirados do mercado até que passem por esse ajuste.

Empresas discordam de resultados

Por meio de nota, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) contestou o trabalho da Proteste, considerando-o “sensacionalista”.

“Repudiamos as declarações prestadas pela Proteste em sua publicação, que declara 100% dos produtos avaliados como reprovados, enfatizando que os produtos testados são de empresas idôneas, comprometidas com a qualidade e eficácia de seus produtos (…) e que coloca em descrédito à população os serviços prestados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, disse a associação.

A Nivea afirmou, em nota, que discorda dos resultados obtidos pela Proteste e que não teve acesso ao estudo na íntegra, por isso não foi possível “mensurar, em profundidade, detalhes sobre a metodologia e resultado do mesmo”. A empresa disse, ainda, que os produtos são desenvolvidos “sob os mais rígidos protocolos globais de qualidade e segurança”.

A Natura disse que possui laudos comprobatórios emitidos por três laboratórios independentes que atestam a declaração do FPS 30 no produto testado pela Proteste. A empresa discorda dos resultados apresentados pela Proteste e acrescenta que os protetores solares da marca são avaliados lote a lote pela própria empresa.

A Red Apple afirmou que, por não concordar com os resultados obtidos pela Proteste, enviou uma amostra do produto para o laboratório Allergisa, instituição reconhecida pela Anvisa, para um novo teste. Os resultados, segundo a empresa, mostraram que o FPS do produto é de 30,8.

A Cenoura & Bronze também não reconhece os resultados da Proteste por não ter acesso a “estudos completos que respaldem as conclusões apresentadas pela associação”. A empresa acrescenta que realiza testes periódicos em laboratórios reconhecidos pela Anvisa que comprovam sua eficácia.

O laboratório MSD, detentor da Coppertone, afirmou que “todos os produtos da marca passam por uma rigorosa avaliação de segurança, eficácia e performance, realizada por dermatologistas e cientistas independentes, que atendem a todos os requisitos estabelecidos pela Anvisa”.

O Grupo Boticário afirmou que o produto avaliado pela Proteste esá dentro dos padrões exigidos. Segundo a empresa, foram realizados estudos in vitro e clínicos que comprovam a eficácia descrita na rotulagem.

A Johnson & Johnson, detentora da marca Sundown, afirmou que o FPS informado nos rótulos dos produtos é comprovado por testes e estudos realizados por órgãos externos, aprovados pela Anvisa, “atendendo e excedendo as exigências legais”.

A Banana Boat disse que “cumpre rigorosamente todas as normas de certificação da Anvisa” e que garante a qualidade, a segurança e a eficácia do produto analisado pela Proteste.

A L’Oréal afirmou que as informações contidas em suas embalagens foram comprovadas em testes validados pela Anvisa e que realizou testes comprobatórios do mesmo lote avaliado pela Proteste e “tem como comprovar o fator de proteção solar declarado na embalagem”.

14

Jan

Top Five da Cirurgia Plástica: conheça os 5 procedimentos cirúrgicos mais realizados no Brasil.

Os corpos sarados do verão começam a ser esculpidos durante o outono e inverno. O clima mais ameno e as férias deixam as pessoas loucas atrás de uma vaga em uma sala de cirurgia.
Confira abaixo o ranking dos 5 procedimentos mais realizados no Brasil, de acordo com a Isaps (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética):

1) Lipoaspiração:
Sabe aquela gordurinha que está no lugar errado e mesmo com a malhação de todo o dia ela não some? A lipoaspiração melhora a forma e elimina essas gorduras localizadas que são difíceis de serem corrigidas apenas com exercício físico e dieta. A intervenção que visa retirar gordura com objetivo estético deve ser feita em um centro cirúrgico, com anestesia e – principalmente – deve ser executada por um médico cirurgião plástico especializado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, SBCP.
– Pré-operatório: 40 dias antes da cirurgia o paciente deve evitar o uso de tabaco, pois o fumo prejudica a circulação cutânea e dificulta a cicatrização, levando à formação de necroses de pele. Além disso, o paciente não deve apresentar casos de anemia ou infecções. Nos casos de diabéticos e hipertensos, é necessário que estes quadros estejam controlados.
– Pós-operatório: Em pouco tempo o paciente pode voltar ao ritmo normal, apenas com restrição à exposição solar, que pode manchar a pele na área da operação. Para o restabelecimento também é imprescindível a realização de drenagem linfática e ultrassom de alta potência.

2) Aumento de mama:
A lei da gravidade é implacável também com as mamas, e uma hora elas caem. Por isso a grande procura pelas próteses mamárias, que não serve só para aumentar a mama, mas também para modificar a forma e corrigir eventuais irregularidades.
– Pré-operatório: Remédios para emagrecer, inclusive os diuréticos, devem ter seu consumo cessado (isso serve para qualquer tipo de cirurgia plástica).
– Pós-operatório: É recomendado um sutiã de maior contenção das mamas. Na hora de dormir ou descansar deve-se manter a cabeça ligeiramente levantada, evitando posturas laterais. A partir de um mês é permitido fazer ginástica, porém os membros superiores não devem ser trabalhados. Não dirigir durante as duas primeiras semanas nem praticar exercícios violentos até passadas 8 semanas.

3) Abdominoplastia:
A região do abdômen incomoda as mulheres, pois acumula gordura e flacidez de pele tanto na parte acima do umbigo, quanto ao redor ou abaixo. A abdominoplastia é a cirurgia plástica para retirar esse excesso de gordura, pele e flacidez. Ela é especialmente indicada para quem perdeu muito peso ou após a gestação, que deixa a região da barriga muito flácida.
– Pré-operatório: Pacientes fumantes devem suspender esse hábito pelo menos 30 dias antes e depois da cirurgia. Além disso, o uso de aspirina, fórmulas ou medicamentos para eliminar o apetite, e de alguns tipos de antiinflamatórios também devem ser evitados por causarem aumento de sangramento.
– Pós-operatório: A recuperação da abdominoplastia é relativamente fácil, mas requer cuidados. Após a cirurgia é comum o abdômen perder um pouco da sensibilidade e estar inchado sendo preciso usar uma cinta modeladora e realizar sessões de drenagem linfática. Durante o período de recuperação da cirurgia plástica não se pode realizar esforços.

4) Blefaroplastia:
O olhar transmite aspectos da personalidade e dos sentimentos de um indivíduo e pode modificar-se com o envelhecimento. As rugas são vincos que aparecem na pele em decorrência da interação músculo, pele e flacidez. É exatamente ao redor dos olhos que começam a surgir os primeiro sinais de envelhecimento e não há truque de maquiagem que consiga corrigir. Para isso, recorre-se a blefaroplastia, que é conhecida como a cirurgia da pálpebra e visa a retirada de pele e bolsas de gordura ao redor dos olhos.
– Pré-operatório: O paciente deve comunicar qualquer anormalidade que possa lhe ocorrer, quanto ao seu estado geral até a véspera da internação. A pressão arterial do paciente deve estar bem controlada para a cirurgia.
– Pós-operatório: Compressas com água fria sobre os olhos são úteis para diminuir o tempo de inchaço e proporcionar certo conforto pós-operatório. Usar óculos escuros e colírio para hidratação ocular. Evitar sol, vento e friagem, por 8 dias. Não traumatizar nem coçar os olhos.

5) Redução de mama:
A cirurgia plástica para redução dos seios tem por finalidade proporcionar à mulher mamas com a forma, tamanho e posição adequadas ao seu tipo físico. As técnicas utilizadas nas plásticas de mamas variam de acordo com as necessidades da paciente.
– Pré-operatório: Não se deve tomar aspirinas nem outros medicamentos que contenham salicilatos, nas duas semanas anteriores e posteriores à intervenção, também deve ser evitado o uso de tabaco, devido a dificuldade que este causa no processo de cicatrização.
– Pós-operatório: O inchaço dura alguns meses, e a posição e forma definitiva dos seios somente poderão ser apreciadas após seis meses. É normal a diminuição ou perda da sensibilidade nas aréolas por algumas semanas. É muito importante evitar levantar os braços ou carregar peso durante as três semanas seguintes à cirurgia.

10

Jan

15 coisas que seu médico não vai te contar sobre longevidade:

Fazer exercícios, controlar o estresse, maneirar no sal — estas regras você já sabe ou deveria saber, de tanto que os médicos repetem. Conheça agora ensinamentos para viver mais que não passam pelos consultórios.

Alimentação balanceada, exercícios regulares, álcool sob controle, cigarro à distância, muitas horas de sono. Se tudo isso já faz parte da sua rotina, parabéns: você cumpre alguns dos pré-requisitos para viver mais. Acontece que há muitos outros: bons hábitos e fatores externos que são fundamentais para se chegar a uma “melhor idade” digna do nome.

Boa parte dessas novas regras são desdobramentos de estudos que levam em conta a influência que a sua personalidade e o seu entorno podem ter na sua longevidade. O principal deles é um estudo da Universidade Stanford, na Califórnia, iniciado pelo médico Lewis Terman em 1921. Naquele ano, ele selecionou um grupo de 1 500 crianças para acompanhá-las durante os anos seguintes. Terman faleceu em 1958, mas seus assistentes (e os assistentes deles) seguiram acompanhando todo o grupo durante décadas, na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza, até que suas mortes os separassem.
Em 2012, as conclusões foram apresentadas. Os conselhos clássicos de se manter ativo, bem alimentado e tranquilo continuam valendo, claro. Mas os pesquisadores chegaram a algumas informações surpreendentes: trabalhar muito é um caminho para viver muito, otimismo de mais pode ser prejudicial e a genética não é assim tão determinante para prever seu futuro.
Conheça essas e outras lições abaixo. Afinal, o negócio não é só chegar a 100: é chegar bem.

1- Nunca, nunca se aposente
Pesquisas que comparam trabalhadores e aposentados da mesma idade mostram: quem parou está pior. Claro, vai depender da sua rotina. Mas como sabemos que a poltrona é tentadora, fique esperto. Não precisa trabalhar muito, nem todo dia – ache um hobby, um curso, um compromisso regular. E, não, assistir TV não conta como hobby.

2. Passar fio dental faz bem para o coração
O que uma coisa tem a ver com a outra? Acompanhe o raciocínio: se você não passar fio dental, vai acumular placa bacteriana, que vai causar gengivite, que vai provocar a liberação de substâncias conhecidas como químicos da inflamação, que são os vilões por trás de várias doenças cardíacas. Mas se isso não for argumento suficiente pra você… poxa, gengiva inflamada, dentes em falta e mau hálito não ajudam ninguém na terceira idade.

3. Otimismo faz mal à saúde
Enxergar apenas o lado bom das coisas tem seu lado ruim. Pois é: pessoas otimistas tendem a subestimar riscos – um traço de personalidade que pode levar de ultrapassagens ousadas a longas ausências no médico. Além disso, otimismo além da conta deixa você frustrado demais com as dificuldades da vida. Ou seja: com um pé atrás, você vai mais longe.

4. Socializar é a fonte da juventude
Quanto mais velhos, menos saímos de casa. Lute contra isso: a ciência garante que conviver com outros é o gatilho de benefícios físicos e mentais que prolongam a vida.

5. Deus ajuda quem vai à igreja
Fato: quem comparece à missa, culto, centro espírita, sinagoga, terreiro etc. em geral vive mais. Dilema: religiosos vivem mais porque rezam ou rezam porque vivem mais? Os dados não permitem concluir se a saúde dos anciãos é beneficiada pela experiência ou se, na verdade, quem tem disposição para ritos religiosos são justamente os mais saudáveis. Moral da história: na dúvida, tenha fé em alguma coisa – nem que seja em Richard Dawkins.

6. Beba. E não precisa ser tacinha de vinho
Quando o assunto é álcool e longevidade, só se fala em vinho tinto. Preconceito: vinho branco, cerveja, uísque e outros fermentados e destilados também podem fazer bem. Há um índice menor de doenças cardiovasculares relacionado ao consumo diário de até duas doses – e de apenas uma para mulheres, ponto para os homens! Mas a Clínica Siqueira da Costa e o Ministério da Saúde advertem: beba com moderação. Passou de duas doses, já vira problema.

7. Palavras cruzadas salvam vidas
Atividades que exercitam seu cérebro mantêm sua inteligência e prolongam sua lucidez. Opções não faltam: palavras cruzadas, xadrez, videogame, sudoku, qual-é-a-música. Detalhe: assim que estiver craque, troque de treino – seus neurônios só mantêm o frescor enfrentando novos desafios.

8. Mulher: o negócio é imitar
Elas vão mais ao médico, comem melhor, fumam menos, envolvem-se em menos acidentes e, assim, vivem mais. Então, deixe de frescura: seja mais feminino.

9. Não fique viúvo. Você não sabe se cuidar sozinho
Não bastasse haver cinco viúvas para cada viúvo no Brasil, elas ainda vivem muito mais depois de perder seus maridos do que nós após perdermos a esposa. A verdade é que, sozinhos, tendemos ao caos – o que aos 30 anos tem seu charme, mas em uma idade avançada é fatal. Então, não fique solteiro: sua saúde agradece.

10. Pare de se incomodar com bobagem
Mágoa, rancor, ressentimento: se ao ler essa lista você já recorda de vários exemplos pessoais, calma. Não é por aí. Se cultivados, esses sentimentos descambam na produção de cortisol, um hormônio que ataca seu coração, metabolismo e sistema imunológico. Diversos estudos relacionam uma alta taxa de cortisol a uma morte precoce. Portanto, aprenda a perdoar, relevar, deixar pra lá. Como dizia o guru indiano Meher Baba: Don’t worry, be happy – pois é, também achava que vinha daquela música.

11. Não confie nos seus genes
“Meu avô viveu 90 anos, não preciso me preocupar.” Precisa. Uma nova pesquisa concluiu que apenas 25% da duração da nossa vida podem ser atribuídos à herança genética; os outros 75% dependem de você. Se quiser chegar aos 90 como o seu avô, descubra como ele fez para chegar lá.

12. Não tenha amigos legais. Tenha amigos saudáveis!
OK, eles não são excludentes. Mas o ponto é: da mesma maneira que, para ganhar dinheiro, é melhor se cercar de ricos, e para emagrecer convém conviver com magros, para se ter saúde a receita é arranjar uma turma saudável – você melhora sem querer querendo.

13. Tenha filhos – ou algo parecido, como cachorros
Caso tenha se ofendido, por favor, volte ao item 10. Pronto. É o seguinte: possuir uma conexão com alguém mais jovem que você (filho, enteado, sobrinho, neto) é algo que te mantém interessado pelo mundo à sua volta – e mais a fim de continuar vivendo nele. E, sim, cachorro e gato também contam: além de manter você conectado, curtir um animal de estimação libera ocitocina, o hormônio benéfico liberado na convivência pais e filhos.

14. Seja bom no que você faz. Ao menos tente
Quanto menos trabalho, melhor. Esse conselho, que parece vindo do personagem Macunaíma, de Mário de Andrade, foi durante muito tempo adotado pelos especialistas em longevidade. Acreditava-se que uma vida sem esforço seria uma vida longa. Mas os médicos observaram que parece haver uma relação entre longevidade e empenho profissional. Por incrível e justo que pareça, passar décadas se dedicando e evoluindo em algo que você valoriza, ou seja, ralando muito, pode lhe valer vários anos a mais. Ao menos, garantem os especialistas, em comparação com quem passar o mesmo bocado de tempo trabalhando no que não gosta – essa sim é uma receita garantida para viver menos e pior.

15. Ser um pouco hipocondríaco vale a pena
Você vai continuar sendo considerado chato pela maioria dos amigos, mas pesquisas apontam que quem desconfia mais da própria saúde vive mais. No caso, é melhor prevenir e se remediar.

06

Jan

5 atitudes para prevenir rugas aos 30 anos:

Saiba quais são as melhores formas e como usar os cosméticos que previnem as rugas quando elas começam a surgir, na faixa dos 30 anos.

As primeiras rugas começam a surgir na década dos 30 anos. Não é por acaso que, nessa fase, as mulheres abusam do uso de cosméticos a fim de brecar o envelhecimento. Mas, em vez de manter a pele jovem, o excesso de cremes anti-idade torna a pele sem vida e dão uma aparência envelhecida. Neste período, qualquer descuido passa a ser um crime contra a pele. As rugas e as marcas de expressão se aprofundam, as olheiras se formam, dando um aspecto de tez envelhecida. As manchas aparecem e a cútis fica mais opaca e áspera.

Veja algumas dicas para não cair nessa cilada e começar a prevenir as rugas da maneira correta aos 30 anos:

Concentre-se no hoje:
Se você pretende manter a jovialidade facial, é essencial investir em cosméticos que estimulam a produção de colágeno e elastina. Ativos como ácido retinoico, vitamina C e retinol são bastante eficientes na pele das mulheres de 30 anos. Eles têm efeito antioxidante e estimulam a síntese de colágeno.

Garanta uma pele mais jovem:
Seguindo pequenas atitudes no dia a dia, você irá conseguir retardar o envelhecimento cutâneo:
1. Mantenha a rotina de limpar, tonificar e hidratar a pele duas vezes ao dia.

2.Use e abuse dos cosméticos com fórmula enriquecida com ácidos para fazer um suave peeling facial. Mas sempre peça a receita a um médico especialista.

3. Escolha um hidratante facial enriquecido com vitamina C, um excelente antioxidante, que pode ser usado durante o dia. Além da Vitamina C, existem outros ativos antioxidantes ótimos que também podem ser prescritos.

4. Quando sentir que a pele está com uma aparência mais cansada, troque o hidratante facial diário por um creme com DMAE, argireline ou tensine, substâncias que aumentam a tonicidade e o viço da pele e causam um estiramento, conhecido como efeito cinderela.

5. Jamais saia de casa sem aplicar protetor solar com FPS 30.