Image Image Image Image Image

Blog

21

Apr

Colágeno em pó é a bola da vez no combate ao envelhecimento

Segundo nutricionista, o ideal é misturar com algum suco rico em vitamina C

Colágeno é palavra-chave quando se fala em medidas para conter os sinais de envelhecimento. Substância natural do organismo (em outras palavras, um tipo de proteína), ele funciona como a argamassa que dá sustentação às células, mantendo-as firmes e unidas. A partir dos 30 anos, o corpo começa a sofrer perda gradual de colágeno. Por isso, quando surge algo com este ingrediente “mágico” no mercado (de origem animal ou vegetal), logo chama a atenção. As versões hidrolisadas, em pó, são a bola da vez, e multiplicam-se pelas prateleiras de lojas de produtos naturais, em versões que se misturam com óleo de coco, chá verde e vitaminas. Isso sem falar em balas e cápsulas. Mas funcionam?

Há pesquisas que atestam que sim. Por isso, pode ser  receitado para pacientes acima dos 30 anos, para retardar os efeitos da idade, e, para os mais idosos, para prevenir a osteoporose:

— O ideal é consumir dez gramas por dia. Sugere-se misturar o pó a algum suco de vitamina C, como acerola, caju, goiaba e limão. Assim, ainda fornecemos a vitamina que é fundamental para a produção natural de colágeno.

Especialistas têm dado preferência ao pó hidrolisado, para que fique mais fácil atingir as tais dez gramas diárias (o equivalente a dez cápsulas, por exemplo). No caso das balas, vale para enganar a fome ou matar a vontade de um docinho, mas a percentagem de colágeno ali não é significativa para a pele.

É importante esclarecer que pó e hidrolisado não são necessariamente a mesma coisa:

— O hidrolisado passa por um processo no qual a molécula é quebrada para tornar mais fácil a absorção pelo organismo  — Nem toda versão em pó é hidrolisada.

— Não sabemos ao certo quanto desse colágeno ingerido é absorvido pela pele e quanto é eliminado pelo organismo.

A dermatologista Regina Schechtman lembra que o processo de envelhecimento engloba todas as células e estruturas do corpo. No caso da pele, a hereditariedade é mais determinante do que a quantidade de colágeno que se perde ao longo dos anos, assim como a prática de exercícios e uma boa alimentação, além de se proteger contra os raios UV.

— O sol é um vilão contra o colágeno, degradando-o ao longo dos anos.

Leia mais sobre esse assunto em http://ela.oglobo.globo.com/beleza/colageno-em-po-a-bola-da-vez-no-combate-ao-envelhecimento-6174175#ixzz2eag1y9bk
Copyright © 2013 O Globo S.A.

21

Apr

Mastopexia: a cirurgia que dá firmeza e coloca as mamas novamente no lugar

Esse procedimento tem como função remover a flacidez mamária e dar um resultado harmônico ao corpo.
Seja por motivos de saúde ou estética, nada melhor do que se sentir bem consigo mesmo. A mastopexia é um exemplo de procedimento que atrai muitas mulheres, pois visa à correção das mamas por meio da remoção da flacidez de maneira que a região volte a ter uma harmonia coerente com o corpo. O resultado? Além de um estilo de vida melhor, você poderá usar qualquer blusa justa, sem constrangimento.
O tempo tira nossa jovialidade e não é pecado querer manter a aparência em dia. A mastopexia age diretamente na correção dos impasses causados pelos períodos de amamentação, pelas mudanças de peso e pelo tabagismo, itens que contribuem para a flacidez das mamas. Os efeitos causados por esse procedimento estético são diversos, mas o destaque vai para a firmeza que o busto volta a ter. Também chamada de lifting de seios, a cirurgia é muito procurada para quem deseja remodelar as mamas.
A dúvida sobre o aumento das mamas pela mastopexia é reconhecível, mas não é a mesma coisa que implantar próteses de silicone nos seios. O procedimento dá um up na região por recobrar a firmeza, sem as partes flácidas. Quem tem seios pequenos, por exemplo, pode requerer as próteses de silicone para um resultado mais satisfatório. Ambas as cirurgias podem ser realizadas juntas, assim como uma mamoplastia redutora, mas é uma situação que deve ser conversada com o cirurgião plástico.
Os resultados da mastopexia se refletem não só na autoestima como na forma e consistência do busto. A pele flácida é removida sem afetar o tecido mamário. A indicação desse procedimento estético é para mulheres a partir dos 15 anos, ou 2 anos após a primeira menstruação. Se a paciente for menor de idade, busque todas as informações possíveis sobre a cirurgia e agende uma conversa com o médico ou até mesmo com um psicólogo para analisar se o desejo pelo lifting de seio é por motivações realmente válidas.
Não se esqueça de consultar a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para saber se o médico escolhido é apto para a realização da mastopexia (e de qualquer outra cirurgia). Siga à risca todas as indicações pós-operatórias para ter uma recuperação rápida e saudável, que garantirá o resultado do procedimento cirúrgico por um longo tempo.

15

Apr

Aprenda a diminuir o seu consumo de sal diário:

Sal e a retenção de líquidos:

Quando comemos alimentos excessivamente salgados, em geral, tomamos muita água e não aumentamos as visitas ao banheiro. É que o sal consumido retém aquele líquido, e não o devolve em forma de urina. Além de inchar, também aumenta o risco de desenvolver pressão alta.

08

Apr

Lipoaspiração, minilipo, hidrolipo: saiba mais sobre esses três métodos e entenda suas diferenças

Quando se trata das gordurinhas localizadas, homens e mulheres correm para a academia e decretam período de dieta sem prazo para terminar. Mas, para os que realmente querem ficar com a barriga sequinha um pouco mais rápido, a lipoaspiração entra em cena por proporcionar a possibilidade do paciente voltar a se sentir à vontade, até mesmo para colocar uma peça de roupa mais justinha. A lipoaspiração tem lá suas divisões, como é o caso da minilipoaspiração e a hidrolipo, que geram dúvidas quanto as suas finalidades.
Em um panorama geral, a lipoaspiração é uma técnica cirúrgica que remove a gordura de uma área determinada por meio de uma sucção, o que melhora os contornos corporais. Cada médico determinará a porcentagem segura para a retirada dos depósitos de gordura durante a consulta, mas a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica orienta não retirar mais que 7% do peso corporal. Ao contrário do que muitos pensam, não é um método que visa ou causa o emagrecimento, pois depois de realizada, o paciente precisa cuidar da saúde e da alimentação, e isso inclui fazer atividades físicas e ter uma alimentação saudável.
A minilipoaspiração ou lipoaspiração light é responsável em fazer uma sucção menor em comparação à lipoaspiração. As curiosidades são que ela se destina apenas às mulheres e trata a gordura localizada. Por se tratar de procedimento de pequena proporção, esse método é considerado ambulatorial e não é necessária a internação hospitalar, mesmo assim deve ser feito em ambiente seguro. Também garante uma recuperação mais rápida. Dentre as vantagens para quem estiver interessada, está a curta duração do processo e o fato dele ser menos doloroso.
Quanto à hidrolipo, os pacientes que buscam por esse método possuem aquela gordurinha que não sai nem com uma série de abdominais e nem com uma dieta magérrima. Contudo, ela não é recomendada para aqueles que estiverem acima do peso, que devem buscar soluções na lipoaspiração para atingir resultados melhores. Assim como a minilipoaspiração, ela trabalha em áreas determinadas pelo médico com foco nas regiões onde há acúmulo de gordura localizada, sem necessidade de internação hospitalar. É realizada no consultório e não é considerado um método invasivo.
Qualquer procedimento estético requer testes preliminares para que o médico saiba se o/a paciente está apto/a para a realização da cirurgia plástica. Por isso, não dispense o diálogo com o cirurgião escolhido e obedeça as medidas pré-operatórias. Só assim o resultado final será satisfatório. Pense sempre na harmonia do seu corpo e na sua saúde, e não tente ultrapassar limites. Para lhe dar mais segurança, consulte a credencial do profissional escolhido junto à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

01

Apr

Como amenizar ou até dizer adeus às indesejáveis olheiras

A presença de manchas escuras e flacidez na região dos olhos é algo que incomoda muitas mulheres, pois além de revelar um aspecto de cansaço, acaba deixando o rosto com uma expressão envelhecida.
As indesejáveis olheiras surgem por fatores como noites mal dormidas, má alimentação, TPM, hereditariedade, dilatação dos vasos inferiores dos olhos, excesso de pigmentação na pele, envelhecimento, alergia e até o choro.
Para se livrar dessas indesejáveis marcas que insistem em aparecer, uma excelente alternativa de tratamento é a Carboxiterapia, que é feita a partir da aplicação do Gás Carbônico no tecido subcutâneo, visando uma nova formação de colágeno, reorganizando os já existentes, além de promover um estímulo à circulação sanguínea e consequentemente um aumento da oxigenação local.

Como funciona a Carboxiterapia?

A carboxiterapia é um procedimento realizado através da introdução de Gás Carbônico (medicinal), por meio de uma agulha extremamente fina, que se difunde rapidamente para as áreas adjacentes ao ponto da aplicação. Um dos principais efeitos da Carboxiterapia é a Vasodilatação, que estimula uma maior circulação de sangue, o que resulta em um aumento do fluxo de oxigênio local. Esse processo facilita a eliminação de fluidos tóxicos presentes entre as células o que, consequentemente, resulta num tecido subcutâneo mais firme e saudável. O Gás Carbônico ao ser introduzido na pele subcutânea também produz um estímulo para que ocorra a síntese de colágeno e elastina, substâncias que dão maior firmeza a pele, contribuindo então para que o local a ser tratado sofra uma retração e tenha uma melhor qualidade estética.
A duração da aplicação é de aproximadamente 10 minutos, e a pessoa sente um pequeno desconforto ao sentir o gás carbônico entrando e se espalhando por baixo da pele, que desaparece em alguns minutos. A agulha, por ser fina, não causa tanto desconforto, então se você tem medo de agulha não precisa se preocupar.
Após a aplicação, pode ocorrer um inchaço ao redor dos olhos, que desaparece em alguns minutos. Caso ocorra o surgimento de algum hematoma, o que é normal, a orientação a ser seguida é de evitar a exposição ao sol e fazer o uso de protetor solar diariamente, sendo a recuperação para este tipo de tratamento bem rápida.
Não podemos esquecer algumas dicas que podem evitar o aparecimento das olheiras como: ter uma alimentação saudável, fazer exercícios físicos que evitam o estresse e dão sensação de prazer, ter uma noite tranquila de sono, evitar ingerir bebidas alcoólicas, cigarro e hidratar a área dos olhos antes de dormir. Também existem tratamentos de pele específicos para melhorar a aparência das olheiras. Assim, com todas essas dicas, conquistaremos um olhar mais bonito e saudável.

21

Mar

Cirurgia plástica pós parto. Posso fazer?

O ideal é que a mulher espere no mínimo seis meses após o término da amamentação. Isso acontece porque após este período os hormônios femininos estarão mais estabilizados e as mamas estarão com o formato e volume que se manterão. Em caso de mulheres acima do peso será necessário o emagrecimento, preferencialmente com acompanhamento nutricional.

15

Mar

A febre da gluteoplastia no Brasil

Ah, Brasil, famosa terra das bundas protuberantes, redondinhas, firmes e… opa, nem todas reais? Isso mesmo, apesar das brasileiras terem sido abençoadas pela natureza com aqueles que são considerados os bumbuns mais bonitos do mundo, algumas mulheres (e homens também) ainda recorrem à cirurgia plástica para corrigir pequenas imperfeições e alcançar a retaguarda dos sonhos.
Pesquisa elaborada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) mostra que houve aumento de 350% nas gluteoplastias feitas entre 2007 e 2011. O número de procedimentos subiu de 4.110 para 21.452 por ano.
O termo gluteoplastia se aplica a toda cirurgia que visa remodelar a região glútea. Entre as mais procuradas está a gluteoplastia de aumento. Nessa cirurgia é colocada uma prótese de silicone nos glúteos com o objetivo de diminuir a flacidez e dar aumentar o volume da região. Outro procedimento para remodelar a região de glúteos não tão pequenos é a lipoenxertia, no qual uma quantidade de gordura é lipoaspirada de outra área e injetada nos glúteos, melhorando seu contorno.

01

Mar

A importância da naturalidade na cirurgia plástica.

A maior revolução da cirurgia plástica é procurar naturalidade. É conseguir fazer com que uma correção feita seja imperceptível. O natural é o que não se nota.

18

Feb

12 MOTIVOS PARA CONSUMIR MAIS ÁGUA:

Quem consome água de forma regular durante o dia ajuda o corpo a funcionar melhor, previne problemas de saúde e até fica mais bonito. “A água tem um papel regulador de muitas funções de nosso organismo. a quantidade de água que consumimos tem um papel fundamental desde o controle da temperatura até o bom funcionamento do sistema circulatório”, explica o fisiologista Raul Santo de Oliveira, da Unifesp.

Para saber a quantidade certa de água para consumir, basta multiplicar o seu peso corporal por 0,03. Assim, uma pessoa com 70 quilos, por exemplo, deve tomar aproximadamente 2,1 litros de líquido por dia. “É importante lembrar que esse cálculo é feito de maneira geral, mas a necessidade de água varia de pessoa para pessoa. Uma atleta de alto rendimento, por exemplo, pode perder um litro de água por hora, e por isso precisa de uma maior ingestão”, diz o fisiologista. A seguir, conheça 12 motivos para deixar sempre um copo de água por perto.
1. Controla a pressão sanguínea
2. Previne cãibras
3. Protege contra infarto e derrame
4. Melhora o funcionamento do intestino
5. Aumenta a resistência física
6. Limpa o organismo de substâncias tóxicas e prejudiciais
7. Protege contra pedra nos rins
8. Melhora o transporte de nutrientes no organismo
9. Ajuda a emagrecer
10. Protege os olhos da desidratação e irritação
11. Melhora absorção de vitaminas hidrossolúveis
12. Mantém a pele jovem e hidratada

07

Feb

NINFOPLASTIA: Entenda mais sobre a cirurgia que para muitos ainda é um tabu.

Entre muitas notícias sobre celebridades, há quem pergunte o que Geisy Arruda andou aprontando no decorrer das últimas semanas. Deixando de lado os jargões utilizados pela celebridade, muito se comentou e se questionou sobre a cirurgia íntima da qual ela foi submetida. Longe da lupa dos veículos de comunicação, saiba que muitas mulheres também recorrem a esse tipo de procedimento estético para melhorar a autoestima.
Às vezes, a única maneira de corrigir um incômodo estético é por meio de uma cirurgia plástica. Quem tem problemas de desvio de septo, por exemplo, precisa fazer uma rinoplastia. No caso de Geisy, a cirurgia que ganhou os holofotes foi a ninfoplastia ou labioplastia. Em um panorama geral, esse procedimento estético pode ser visto como um ato de busca pelo bem-estar, não só como uma atitude vaidosa. A mulher que está nesse quadro se sente constrangida diante do parceiro e pode até sentir dor ao sentar.
Para aqueles que ainda estão por fora do assunto, essa cirurgia íntima tem como objetivo remover o excesso de pele da região genital, quando o tamanho dos pequenos lábios ultrapassa o dos grandes lábios. Isso afeta o emocional feminino e a libido por elas não se sentirem à vontade. Ainda longe da necessidade estética, a ninfoplastia proporciona uma rotina saudável, como praticar exercícios físicos com mais segurança. Sem contar do retorno da confortabilidade em usar roupas justas ou biquíni, por exemplo.
Outro fator que pode trazer certo incômodo é o escurecimento da região genital, o que faz a mulher se sentir ainda mais inibida. Mesmo que algumas tenham consciência de que precisam da cirurgia, ela ainda é um tabu pela falta de divulgação. Se você está insegura, converse com alguém de confiança para expor suas preocupações e procure um médico para bater um papo antes de decidir pelo procedimento estético. A primeira consulta é uma forma de esclarecer as dúvidas que a farão compreender ainda mais a ninfoplastia.
Tenha em mente que nem todos os ginecologistas estão aptos a fazer essa cirurgia plástica. Sempre consulte a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para saber sobre a aptidão do médico escolhido. Após a ninfoplastia, as mulheres voltam a curtir momentos simples do cotidiano, sem nenhum receio. Sem contar que a paciente se sente mais bonita e confiante.